Marca aposta em roupas tecnológicas para atletas amadores

Peças promovem proteção térmica, microcirculação sanguínea e mais

Publicado em 05/08/2018
mulher vestindo roupa de ginástica sentada em um ambiente desértico

Para alcançar o melhor desempenho e superar limites, o mercado fitness investe nas últimas tecnologias. Apesar de serem desenvolvidas com foco nos atletas de alta performance, essas inovações vão, aos poucos, sendo incorporadas à rotina dos atletas amadores

A DiCorpo, do Rio Grande do Sul, lançou peças com tecidos que permitem a troca térmica do organismo com o ambiente, de forma que o calor e os vapores da transpiração se dispersem antes da formação do suor.

Leggings e bermudas contam com infravermelho longo, uma tecnologia têxtil que estimula a microcirculação sanguínea e aproveita o calor corporal para promover benefícios. As peças contribuem com o aumento da elasticidade da pele e a diminuição da celulite, além da redução da fadiga muscular.

Já as blusas e camisetas possuem controle térmico e são perfeitas para quem pratica corrida. Outras peças vêm acompanhadas com Fator de Proteção Ultravioleta 50+, que protege contra raios solares UVA e UVB, prevenindo fotoenvelhecimento, queimaduras, manchas e câncer de pele, bloqueando 98% dos raios solares nocivos.

Além disso, shorts para ciclismo e tops são feitos com tecidos que exercem compressão uniforme sobre o corpo, protegendo e firmando a musculatura, permitindo uma boa execução e amplitude dos movimentos. 

Foto: Divulgação/DiCorpo