Futebol feminino perde o bronze para o Canadá

Derrotada por 2 a 1, equipe venceu apenas seus dois primeiros jogos na competição

Publicado em 19/08/2016

Depois da frustrante derrota nos pênaltis para a Suécia nas semifinais, a seleção feminina de futebol entrou em campo na Arena Corinthians nesta tarde para decidir a medalha de bronze contra as canadenses, mas o resultado foi negativo. A derrota por 2 a 1 encerra a participação do time sem a sonhada medalha e coloca um ponto de interrogação no futuro da equipe, já que a atual geração, de Marta, Cristiane e Formiga, já não tem mais o mesmo vigor.

Com gols de Deanne Rose e Christine Sinclair, aos 25min do 1° tempo e 7min do 2°, respectivamente, o Canadá ficou com o 3° lugar no pódio, e terá a companhia de Alemanha e Suécia, que se enfrentam às 17h30 no Maracanã. Beatriz descontou para o Brasil a 10 minutos do fim e colocou fogo no jogo, mas não foi possível furar a defesa canadense e forçar a prorrogação.

Depois de um começo arrasador na competição, com vitórias por 3 a 0 e 5 a 1, contra China e Suécia, a seleção não conseguiu manter o ritmo e empatou os três jogos seguintes por 0 a 0, até a partida de hoje.

De novo ele

Isaquias Queiroz estará em mais uma final olímpica, dessa vez na categoria C2-1000, ao lado do parceiro Erlon Souza. Na manhã desta sexta-feira, eles venceram sua bateria classificatória e avançaram diretamente para  decisão, que ocorre no sábado. Essa poderá ser a terceira medalha do baiano, que já ganhou prata na C-1 1000 e bronze na C-1 200.

Ainda na canoagem, a equipe brasileira no caiaque quádruplo (K4) masculino ficou de fora da final da prova, já que fizeram apenas o 6° tempo nas semis, e agora disputarão a final B. 

Yane tentando

Dona de um bronze no pentatlo em Londres-2012, Yane Marques está na 16ª posição depois das provas de natação e esgrima, com a parte final da competição acontecendo esta noite, quando as atletas enfrentarão o hipismo, corrida e tiro para saber as colocações e definir as medalhistas.

Outras participações

No ciclismo BMX, a brasileira Priscila Carnaval participou das três baterias classificatórias da modalidade, mas, entre oito competidoras, finalizou em 8°, 8° e 6°, respectivamente, ficando de fora da final.

No hipismo, os brasileiros Pedro Veniss e Álvaro de Miranda disputaram a final do salto individual, mas terminaram em 16° e 9° no geral, ficando fora do pódio.

Caio Bonfim terminou em 9° na marcha atlética de 50km. Ele já havia conseguido um 4° lugar na prova de 20km, mas não teve o mesmo desempenho. Outro que participou foi Jonathan Rieckmann, que finalizou na 29ª posição. 

Foto: Danilo Borges/Brasil2016