Ex-UFC experimenta 'empregos mortais' em série de TV

'Hard to Kill' começou a ser transmitido pelo canal Discovery

Publicado em 01/08/2018
Tim Kennedy´mostra os músculos em evento do UFC

Tim Kennedy não é mais atleta do MMA, no entanto ele continua na mídia. Aos 38 anos, o sargento do Exército americano lançou, nesta terça-feira (31), uma nova série no canal Discovery. Em 'Hard to Kill' ('Duro de Matar', em livre tradução), ele vive na pele a experiência de trabalhar nas profissões mais mortais do mundo.

No programa, Kennedy vai viver o cotidiano de pilotos de teste de avião, avaliadores de perigo de avalanche, técnicos de torres, entre outros. A ideia, segundo o militar, é revelar ao grande público como é a vida cotidiana de muitos anônimos que se arriscam em suas atividades. 

"Tentamos imaginar um programa em que pudéssemos mostrar um olhar interno daquilo que as pessoas normais não conseguem ver ou imaginar. Essa foi uma das ideias que tivemos: mostrar os empregos mais mortais do mundo e dar uma oportunidade às pessoas de ver o que esses homens e mulheres corajosos fazem todo dia.  O fato de que eu estou fazendo isso não é corajoso. Corajosas são as pessoas que fazem essas coisas por 17, 18, 20, 30 anos", declarou, em entrevista ao site 'MMA Weekly'. 

Kennedy fez a sua última luta de MMA em dezembro de 2016. Ele encerrou a carreira com 18 vitórias e seis derrotas. Ainda não há informações sobre a estreia do programa no Brasil. 

Foto: Divulgação/Facebook Tim Kennedy