Beach tennis vem conquistando as areias do Brasil

Esporte promete diversão ao mesmo tempo em que ajuda a queimar muitas calorias

Publicado em 30/04/2018
Beach tennis

O beach tennis, uma mistura de três esportes bastante conhecidos, ganhou espaço no litoral brasileiro. A modalidade é um mix de vôlei de praia (jogado em duplas e com a definição do ponto quando a bola toca o lado adversário ou cai fora da quadra), badminton (a rede mede a 1,70) e tênis (a partida se divide em até três sets com seis games cada um). É fácil se identificar com o esporte, porque, além de queimar aproximadamente 600 em uma hora, fortalece os músculos e garante muita diversão.

A técnica do beach pode ser considerada relativamente fácil: basta segurar a raquete (carbono ou kevlar) na altura do rosto e tentar passar a bola, de uma vez, por cima da rede. Mas não se preocupe, a bola (um pouco mais murcha e usada por crianças no tênis) é recebida com velocidade mais lenta que a do frescobol.

Importado da Itália, o beach tennis chegou ao Rio de Janeiro em 2008. Dentre os pioneiros, está a carioca Joana Cortez, 39 anos. E o esporte já tem até um número 1 do Brasil, a paranaense Rafaela Miller, de 24 anos.

Ficou interessado em praticar o beach tennis? É possível  jogar em todo o litoral brasileiro ou em clubes nas cidades sem praia. Destaque para o @mettabt, no Rio de Janeiro; @beacharenasp, em São Paulo; @acbt_bt_bm, em Fortaleza, e o @arenabeachfloripa, em  Florianópolis.

Foto: Divulgação/Instagram de Joana Cortez